terça-feira, 22 de agosto de 2017

Ficha técnica para controlar e reduzir os custos de produção

É possível controlar e reduzir os custos da produção?


Custos são todos os gastos que ocorrem no processo produtivo e que tem como objetivo determinar os lucros, o controle das operações e a tomada de decisões. São classificados como:
Custos Variáveis (CV) São os custos onde os valores se alteram em função do volume produzido. - Matéria prima consumida - Horas extras de produção - Mão de obra direta Estes custos sempre apresentarão variação em função das quantidades produzidas.
Custos indiretos de fabricação (CIF) Esses custos necessitam de alguns cálculos para serem distribuídos aos diferentes produtos fabricados pela empresa, por serem de difícil mensuração são classificados como custos indiretos. *depreciação de equipamentos, *salários de supervisores de equipes, etc.
Custos fixos (CF) São os custos que não sofrem alteração de valor independente do volume de produção da empresa. Os exemplos abaixo mantem seus valores fixos independente se a empresa produziu 5000 ou 10000 peças em um determinado período. *aluguel, *iptu, *seguro, etc. Normalmente os custos fixos são alocados aos produtos por meio de cálculos( rateios), pois a maioria dos custos são indiretos.
     É importante reduzir custos para ser mais:. Ser mais competitivo, ser mais eficiente, se manter no mercado, aumentar a lucratividade e rentabilidade.
O primeiro passo é conhecer os custos!
A partir do momento que o produtor identifica todos os itens que compõem seu custo de produção ele visualiza quais são os valores mais representativos e pode estudar formas de reduzi-los. Todos os custos devem ser elencados e o ideal é manter um histórico para que seja possível fazer uma análise comparativa. E lembre-se, o controle de custos de produção sempre deve ser realizado, independentemente do tamanho da produção. O exercício de apuração dos custos não deve ocorrer somente no tabelamento de preços ou em períodos de acirrada concorrência. Deve acontecer de modo contínuo, permitindo tomadas de decisões eficazes. Obter informações precisas sobre os custos por unidade auxilia para a tomada de decisões de marketing como a determinação do preço de vendas do produto, enfrentar os concorrentes, ofertas de preços e análise da rentabilidade da empresa.

 Gostou desse assunto? Quer ter acesso as fichas técnicas pra usar em sua empresa? Entre em contato pelo whatsapp: 33 988150933 (Renata Gomes)

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Pensando no ritmo de trabalho das costureiras

Você já pensou em como cada profissional de costura ou qualquer posto em sua fábrica tem um tempo diferente? Fazendo uma análise da capacidade de produção de cada um, podemos concluir que a rapidez e agilidade de cada colaborador é fator crucial no crescimento da produção.
Vamos considerar :
 100% é o ritmo daquelas pessoas ágeis, que possuem pensamento rápido e decidido, não demoram para tomar decisões, sabem o que fazer e fazem imediatamente. São também apressadas e impacientes e mais passiveis de cometer erros, também não se apegam a detalhes. Esses profissionais são ideais para trabalhar com grandes quantidades da mesma peça, especificamente no fechamento que não exige tanto zelo.
 80% São os profissionais maduros, experientes, preocupados com qualidade e quantidade. Sabem o que estão fazendo e sabem que não podem errar, por isso são rápidos mas são zelosos. Esses são  ideais para a linha de produção intermediária, peças não muito complexas.
 60% São profissionais detalhistas, capricham um pouco mais que os outros e não estão nem um pouco interessados na quantidade, possuem muito medo de errar, por isso são ideais para a parte de acabamento das roupas e pilotagem.
     Aqui coloquei apenas algumas observações sobre ritmo de trabalho,  para que  você saiba que o assunto pode ser um gargalo na produção. Colocar os profissionais em posições compatíveis com seu ritmo é uma das  melhores formas de obter resultado. Observe seus colaboradores!


                                   ACHOU INTERESSANTE? FEZ SENTIDO PRA VOCÊ?
         Caso tenha interesse em uma consultoria para melhorar seu processo produtivo entre em contato
                                             Renata Gomes 33 988150933 (whatsapp)
                                                        renas27@yahoo.com.br
   

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Como criar uma coleção/ Esqueleto

Para facilitar a vida do empresário que vai começar uma nova coleção sugiro que prepare seu esqueleto de coleção. Ele vai nortear o trabalho de quem vai idealizar as novas peças (designer/estilista). Existem alguns fatores que precisam ser considerados, como o nicho de atuação, periodo do ano e quantidade de modelos. Considere também as proporções: 10% peças especiais, 30% peças de moda, 60% peças comerciais.

Segue um exemplo que elaborei:

Achou interessante? 
Trabalho com consultoria para facilitar a vida de quem produz confecção em geral. Tenho dicas preciosas que vão te ajudar a melhorar seu processo de produção.
Entre em contato por:
Whatsapp 33 988150933
Email   renas27@yahoo.com.br



Editora do Blog

Minha foto
Governador Valadares, Minas Gerais, Brazil
Profissional de gestão em chão de fábrica, com conhecimento prático em modelagem, costura, criação.DNA de moda.